Dia do Médico: Governador Carlos Brandão assina Termo de Autorização para construção do prédio de Medicina na UEMA

Acessar fotos
18/10/2022

Dia 18 de Novembro, considerado o Dia do Médico, data propícia para o governador Carlos Brandão anunciar e assinar o termo de autorização para a construção do prédio de Medicina na Universidade Estadual do Maranhão – UEMA.

O Secretário de Estado da Infraestrutura (SINFRA), Aparício Bandeira esteve presente na solenidade do ato, ao lado do governador e comitiva do governo, onde participou das vistorias às obras que já se iniciaram e do lançamento da Pedra Fundamental. A construção do Complexo de Ciências da Saúde, localizado no bairro Jardim São Cristóvão, em São Luís, está sendo feito em um terreno com área de mais de 16 mil m² e é considerado uma antiga demanda da população da capital.

O papel transformador do ensino público de qualidade é um dos pilares do Governo do Maranhão para o desenvolvimento educacional e social dos maranhenses, marcando significativamente a formação pessoal e profissional. Assim, de acordo com o governador Brandão, a maior conquista da faculdade de medicina é a integração do filho do trabalhador na educação pública de qualidade.

“O que nós estamos fazendo hoje é abrir democraticamente para que todos possam ter acesso à universidade por meritocracia. Essa obra é um marco na história do nosso Maranhão. Para mim, a maior conquista da faculdade de Medicina, é o filho do trabalhador, é o filho da pessoa pobre ter acesso a ela”, disse o governador Carlos Brandão.

A cidade de São Luís é a terceira a receber o curso de Medicina da UEMA, logo após dos municípios de Caxias e Imperatriz. O curso será ofertado gratuitamente e vai possuir, além do prédio educacional, um Laboratório de Anatomia Humana e um Ambulatório, onde vão ocorrer a prestação de atendimento imediato de assistência à saúde.

Para o gestor da Secretaria de Estado da Infraestrutura (SINFRA-MA), Aparício Bandeira, o investimento do Maranhão em suas instituições educacionais visa fomentar o avanço de diferentes elementos importantes, contribuindo para melhorias nos pilares de uma sociedade bem desenvolvida.

“O lançamento da Pedra Fundamental para o início das obras do prédio de Medicina, em São Luís, é só o início da primeira realização de um grande sonho dos moradores da capital. Nós sabemos que não existe desenvolvimento sem investimento no polo educação e estamos muito esperançosos com este momento ímpar que vai proporcionar inúmeras oportunidades para o povo maranhense”, disse Aparício.

Com a ampliação do curso de Medicina, campus São Luís, o Governo do Maranhão investiu cerca de R$ 19 milhões para a construção do Complexo de Ciências da Saúde. Dessa forma, com o objetivo de aumentar o número de vagas e, por conseguinte, a oferta do número de profissionais da área, as atividades estão previstas para iniciarem no primeiro semestre de 2024.